A beldroega pode ajudar a melhorar suas funções hepáticas

A Beldroega (Portulaca oleracea) é uma planta alimentícia não convencional (PANC) típica da região sudeste do Brasil, que apresenta interessante valor nutricional, por conter concentrações de flavonoides, alcaloides, ácidos graxos, terpenoides, proteínas, vitaminas e minerais1,2.

Por esta qualidade nutricional, o consumo da beldroega tem sido proposto para reduzir o risco de doenças hepáticas1,2. Um recente estudo realizado em modelo animal de indução de dano hepático identificou que a administração desta planta promoveu redução de marcadores inflamatórios e de lesão no fígado – como interleucina 6 e fator de necrose tumoral. Além deste mecanismo anti-inflamatório, a intervenção inibiu fosforilações em vias de crescimento tumoral, podendo contribuir com redução do risco de câncer hepático3.

Outro estudo, também realizado em modelo animal de indução de toxicidade no fígado, mostrou que a administração da planta aumentou a atividade de enzimas antioxidantes, concomitante a alterações histológicas no fígado que indicam maior efeito protetor no órgão4.

De forma clínica, seus benefícios também já foram evidenciados. Uma análise conduzida com 30 indivíduos diabéticos mostrou que o uso da beldroega promoveu redução de enzimas hepáticas, que indicam possíveis alterações fisiológicas no órgão5.

A beldroega pode ser consumida refogada ou adicionada em preparações como sopas, molhos e tortas. Para o consumo mais seguro, recomenda-se sua cocção.

Desta forma, a beldroega pode ser incorporada em nossa alimentação, contribuindo com o aporte de nutrientes e compostos bioativos para que nossas funções orgânicas sejam conduzidas e preservadas.

Referências Bibliográficas:

1-ZHOU, Y.X.; XIN, H.L.; RAHMAN, K. et al. Portulaca oleracea L.: a review of phytochemistry and pharmacological effects. Biomed Res Int; 2015.  doi: 10.1155/2015/925631

2-FARKHONDEH, T.; SAMARGHANDIAN, S.; AZIMI-NEZHAD, M. et al. The hepato-protective effects of Portulaca oleracea L. extract: review. Curr Drug Discov Technol; 2018. doi: 10.2174/1570163815666180330142724. 

3-GOUYIN, Z.; HAO, P.; MIN, L. et al. Antihepatocarcinoma effect of Portulaca oleracea L. in mice by PI3K/akt/mTOR and Nrf2/HO-1/NF-kB pathway. Evid Based Complement Alternat Med; 2017. doi: 10.1155/2017/8231358. 

4-EIDI, A.; MORTAZAVI, P.; MOGHADAM, J.Z. et al. Hepatoprotective effects of Portulaca oleracea extract against CCI4- induced damage in rats. Pharm Biol; 53(7):1042-51, 2015.

5-EL-SAYED, M.I. Effects of Portulaca oleracea L. seeds in treatment of type-2 diabetes mellitus patients as adjunctive and alternative therapy. J Ethnopharmacol; 137(1):643-51, 2011.

Você também pode gostar de: